Alagamentos em Santo André e Mauá prejudicam linhas da EMTU

Alagamentos em Santo André e Mauá prejudicam linhas da EMTU

Diversos alagamentos em Santo André e Mauá, no ABC Paulista, causaram a paralisação de linhas da EMTU nesta terça-feira. As enchentes ocorrem em decorrência da tempestade que atingiu as cidades durante a tarde. Várias vias ficaram intransitáveis com o alto nível da água.

De acordo com a EMTU, algumas das linhas mais prejudicadas foram as do Corredor ABD. Nele, as linhas 285, 286, 287, e 287P ficaram com a operação suspensa. Elas ligam Santo André à Diadema, São Bernardo do Campo, Mauá e São Paulo. A empresa segue acompanhando a situação.

Além disso, outras linhas da EMTU que ligam Santo André à Ribeirão Pires e São Caetano também sofrem os efeitos das enchentes. Atrasos ocorrem nas linhas 040, 043, 063, 194, 151, 173, 409 e 409BI1 com os alagamentos em vias do centro de Santo André. A água subiu e invadiu a Perimetral e as avenidas Dom Pedro I, Queiroz dos Santos, Firestone e Santos Dumont. O Terminal da Vila Luzita também ficou alagado. No local, inclusive, havia um dos ônibus elétricos que estão em testes pela Suzantur.

Outra cidade bastante atingida pelo temporal foi Mauá. Lá, vias da região central ficaram cheias d’água. Além disso, as chuvas também prejudicaram o transporte sobre trilhos. Isso porque a linha 10 – Turquesa da CPTM ficou inoperante, devido a alagamento na via.

Via alagada em Mauá. Vídeo: Facebook/Fofoqueiros de Ribeirão Pires

Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Não? Sendo assim, saiba que nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Então não perca tempo: Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

Alagamentos santo André

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.