Caso persista, fechamento de estradas pode trazer falta de combustível a ônibus intermunicipais

Caso persista, fechamento de estradas pode trazer falta de combustível a ônibus intermunicipais

Caso persista o fechamento das estradas por boa parte do país, o sistema de transporte intermunicipal nas regiões metropolitanas do estado de São Paulo pode enfrentar falta de combustível para os ônibus. O temor é que ocorra o mesmo que aconteceu em 2018, quando diversos caminhoneiros fizeram uma paralisação cobrando melhorias para a categoria.

Naquele ano, devido a estradas fechadas, caminhões-tanque, responsáveis por fazer o transporte de diesel até as garagens das empresas, tiveram sua circulação restringida pelas manifestações. Isso fez com que as empresas precisassem racionar o combustível usado em seus ônibus. Como resultado, a frota de ônibus em circulação acabou sofrendo cortes, visando evitar o desabastecimento. Cenas de ônibus urbanos abastecendo em postos de gasolina, fora das garagens, também marcaram presença no período.

Há quatro anos, as empresas começaram a precisar fazer o racionamento de combustível com cerca de 4 a seis dias de desabastecimento. Para evitar o colapso do sistema, governos e prefeituras montaram esquemas de escolta por parte das forças policiais aos caminhões-tanque, visando garantir a entrega do insumo. Por hora, temos pouco mais de 24 horas desde o início das interdições.

Embora com contextos diferentes, o fechamento das estradas que ocorre neste ano já começa a causar retenção de insumos em diversos setores. Na aviação, por exemplo, de acordo com matéria da rádio BandNews, esse temor já veio a público. O texto diz que a Associação Brasileira de Empresas Aéreas afirmou que o desabastecimento pode ocorrer caso não haja mudança de cenário até esta quarta (02).

Em nota, a EMTU afirmou que as empresas que operam no transporte metropolitano possuem reservas de combustíveis nas garagens, porém reconheceu que as empresas “acompanham com preocupação que impactaram 114 linhas até o momento”.

Prefeitura já anuncia cortes

A Prefeitura de Franco da Rocha, cidade na região da Bacia do Juquery, na Grande SP, já veio a público afirmar que há possibilidade de redução da frota de ônibus já nesta terça. O comunicado veio no fim da tarde. O órgão diz que o motivo é justamente o bloqueio das estradas, que impede a chegada de combustível nas garagens.

A Viação Caieiras, empresa que opera os ônibus municipais de Franco, também opera linhas municipais em Caieiras e linhas da EMTU em toda a região.

Atualizada em 02/11/2022 – 9h00


Fique por dentro!

Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Não? Então, saiba que nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

Sair da notícia "Caso persista, fechamento de estradas pode trazer falta de combustível a ônibus intermunicipais" e voltar à página incial.
Compartilhe esta notícia:
Redação

Redação