Recarga do Cartão BOM agora pode ser feita pelo WhatsApp

Recarga do Cartão BOM agora pode ser feita pelo WhatsApp

A recarga do Cartão BOM, cartão usado para o pagamento da tarifa nos ônibus intermunicipais da EMTU na Grande São Paulo, bem como no Metrô e na CPTM, agora pode ser feita por meio do WhatsApp. A Secretaria de Transportes Metropolitanos anunciou a novidade na última segunda-feira. O novo serviço já está funcionando.

Ao menos a princípio, a forma de pagamento aceita por este meio é o Pix, meio de pagamentos/transferências lançada pelo Banco Central do Brasil no fim do ano passado. Ao solicitar o serviço, após informar dados como o número do cartão, endereço de e-mail, CPF, telefone e valor da recarga, ocorre a aprovação em alguns segundos.

Para liberá-lo, o usuário pode aproximar o cartão em algum validador de recarga, disponível em estações do metrô e terminais de ônibus, por exemplo. Deste modo, o valor recarregado é liberado na hora. Além disso, há também a opção de liberação nos validadores dos próprios ônibus, mas não de imediato: pode levar até 48 horas para os créditos caírem no cartão.

Até ontem, era possível realizar a recarga apenas por meio do aplicativo “VouD”, no qual os cartões já ficam cadastrados. Outra opção era colocar créditos em postos autorizados pela Autopass (como, por exemplo, algumas farmácias, bancas de jornais e garagens de ônibus) ou em máquinas de autoatendimento disponíveis em estações e terminais.

O Voud (que continua na ativa), por sua vez, segue realizando recargas e outras funções. Algumas são: compra programada, visualização de saldo do Bilhete Único (usado na Capital), mapa com estações de bicicletas compartilhadas, entre outras.

Outras funcionalidades

Além desta função, o governo anunciou que, pelo mesmo serviço, os passageiros poderão comprar passagens de trens e metrô. O pagamento também é feito via pix. Neste caso, o passageiro recebe um QRCode na tela do smartphone. Ao aproximá-lo do validador dos bloqueios, há a liberação. O valor de tarifa é o mesmo de outros meios (exceto Vale-Transportes): R$4,40.

Vale lembrar que os bilhetes em QRCode vêm sendo implantados gradativamente no transporte sobre trilhos. Eles vieram para substituir os bilhetes magnéticos do tipo Edmonson, outrora adquirido nas bilheterias das estações.

Para utilizar os novos serviços, basta clicar/tocar neste link e dar um “Oi”. Depois, é só seguir as instruções que aparecem na tela.

Recarga do Cartão BOM
Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.