EMTU publica aviso de licitação para continuação do Corredor Oeste

EMTU publica aviso de licitação para continuação do Corredor Oeste

A EMTU publicou nesta terça-feira um aviso de licitação para a continuidade das obras do Corredor Oeste que, quando completo, visa ligar as cidades de Itapevi e Osasco. O aviso em questão corresponde ao trecho Carapicuiba – Osasco. A previsão, inicialmente, é de que a sessão pública com os concorrentes ocorra no dia 05 de Agosto.

De acordo com o órgão, licitação contempla tanto a execução das obras quanto elaboração do projeto executivo, que as antecedem. Deverão ser implantados pouco mais de 2km de viário exclusivo para ônibus e duas paradas. Além disso, a licitação contempla a implantação de um viaduto (denominado Viaduto Carapicuiba).

O viaduto em questão está nos planos tanto do governo do estado quanto da prefeitura de Carapicuiba há mais de oito anos. Ele deve ligar a Avenida dos Autonomistas, que vem de Osasco, à Av. Marginal Esquerda, entre a Lagoa de Carapicuiba (ou o que sobrou dela) e um complexo estudantil próximo ao Pq. Gabriel Chucre. Ele cruzará a linha férrea da CPTM.

A prefeitura alega que esta é uma importante obra para desafogar o trânsito no centro da cidade, sobretudo no viaduto da Av. Consolação. “A construção do viaduto amenizará o trânsito da região central de Carapicuíba, pois os veículos que vêm de Osasco com destino a Alphaville não precisarão passar pelo viaduto vereador Jorge Julian, o que desafogaria as avenidas Governador Mário Covas Júnior e Desembargador Dr. Cunha de Abreu”, disse o prefeito Marcos Neves em um evento com o ex-governador Geraldo Alckmin.

Viaduto Carapicuíba Corredor Oeste
Planta mmostrando o viaduto a ser implantado e o Terminal Carapicuiba, em fase final de obras. Divulgação/GESP

Convênios

Recentemente, o prefeito participou de uma reunião com o secretário executivo estadual de habilitação, Fernando Marangoni, e com o presidente da CDHU, Reinaldo Iapequino. Nela, estado e município firmaram um convênio para a construção de moradias populares a pessoas em lotes irregulares, bem como para a liberação da área e implantação do viaduto pela EMTU.

Ainda de acordo com a EMTU, será necessário também um convênio com a CPTM para implantação de um muro na região onde será a futura estrutura.

Atualmente, o projeto do Corredor Metropolitano Oeste já entregou uma avenida entre Itapevi e Jandira, um viaduto em Itapevi e a ampliação do Terminal Vila Yara, em Osasco. Corredores exclusivos e pontos de parada já estão implantados entre Barueri e Carapicuiba, mas ainda não estão sendo utilizados.

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.