Deputados apresentam emendas ao projeto de lei orçamentária de 2020

Deputados apresentam emendas ao projeto de lei orçamentária de 2020

Os deputados estaduais apresentaram na última Terça-feira (22) emendas ao projeto de lei 1112/2019, que institui o orçamento do exercício de 2020. Nos já havíamos postado aqui que a proposta orçamentária para a EMTU foi 40% menor do que o proposto em 2018 para o ano atual (relembre clicando/tocando aqui).

Entre elas, foi proposta realocação de mais recursos para a EMTU. Os subsídios seriam destinados para custear gratuidades de idosos com idade entre 60 e 64 anos e gratuidades de estudantes. Os parlamentares alegam que, apesar de se tratar de uma política pública, eles acabam sendo custeados pelos passageiros, que geralmente são pessoas de baixa renda.

Outra emenda solicita ainda a disponibilização de mais recursos para as obras do Corredor Noroeste, na Região Metropolitana de Campinas. Neste caso, os deputados justificam que a obra está atrasada há mais de dez anos, prejudicando os moradores da região.

Há ainda um pedido de remanejamento de recursos do programa PITU em Marcha, que é um programa de expansão de infraestruturas para o transporte urbano rodoviário, para a implantação do BRT metropolitano do ABC Paulista, um corredor de ônibus que substituirá a linha 18 – Bronze, que seria um monotrilho.

Também foi solicitado remanejamento de recursos para a possível criação de um “Bilhete Único Metropolitano”, que integraria as linhas de ônibus intermunicipais, metrô, trens e sistemas municipais de ônibus.

Assinam os pedidos os deputados Teonilio Barba, Dr. Jorge do Carmo, Emídio de Souza, Luiz Fernando, Márcia Lia, Paulo Fiorilo, Professora Bebel, José Américo, Beth Sarrão e Enio Tatto.

Proposta de subsídio para cobrir gratuidades
Proposta de remanejamento para continuação das obras do Corredor Noroeste
Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *