Prefeitura de São Vicente inicia rescisão contratual com a Otrantur

Prefeitura de São Vicente inicia rescisão contratual com a Otrantur

A prefeitura de São Vicente, cidade da região da Baixada Santista, iniciou o processo de rescisão contratual com a Otrantur. A empresa é a responsável por operar os ônibus municipais da cidade atualmente. O principal motivo é a sequência de greves de trabalhadores da empresa nos últimos meses.

A decisão veio após a última paralisação, ocorrida na última sexta-feira. Operadores cruzaram os braços em protestos contra o atraso no pagamento, além de pedidos de revisão de valores. De acordo com a prefeitura, o departamento de trânsito vinha encontrando uma série de violações contratuais em diligências feitas na garagem da empresa. Além disso, a prefeitura diz que moradores reclamam com constância na ouvidoria do município sobre atrasos, superlotação e má conservação dos veículos.

“A atual gestão vinha cobrando sucessivamente a empresa por melhorias na qualidade do serviço prestado à população, que deixava muito a desejar. Diante disso, foram entregues, por parte da Prefeitura, dezenas de ofícios e notificações à companhia”, disse a prefeitura em nota.

Portais de notícias da região indicam ainda que, antes da greve, a Otrantur vinha operando com apenas 20% de sua frota nas ruas. De acordo com o prefeito Kayo Amado, a Otrantur seguirá operando ateyo dia 30 de Julho, quando uma nova empresa assumirá seu lugar, provavelmente em caráter emergencial.


Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Não? Então, saiba que nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.