Desembarque passa a ocorrer apenas na porta traseira em ônibus da Região Oeste

Desembarque passa a ocorrer apenas na porta traseira em ônibus da Região Oeste

Parte dos ônibus da região oeste da Grande São Paulo estão permitindo o desembarque apenas pela porta traseira. A informação tem sido compartilhada entre diversos passageiros desde o início do mês, em algumas linhas. A prática afeta passageiros de linhas da EMTU que operam em Barueri, Carapicuíba, Cotia, , Jandira, Itapevi, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Osasco.

De acordo com os relatos, as linhas que não mais permitem descer do ônibus pela porta do meio são aquelas cujas operações são da Viação Osasco e Benfica BBTT. Nesta última, a medida entra em vigor no dia 20 de Junho. Eles dizem ainda que, segundo os profissionais da operação, a medida serve para evitar acidentes. Antes que ela entrasse em vigor nestas empresas, outras já tinham esta regra. Nos coletivos das empresas Urubupungá e Caieiras, por exemplo, a proibição existe há anos. A exceção fica por conta dos ônibus que possuem apenas duas portas do lado direito.

Nesta semana, por exemplo, uma passageira acabou caindo durante o desembarque em um ônibus em Osasco. De acordo com imagens de câmeras de casas próximas, a queda ocorreu após o ônibus se movimentar enquanto a mulher descia dele. Segundo familiares, ela precisou ir para a UTI. Já de acordo com o portal “Correio Paulista”, os médicos precisaram amputar uma das pernas da vítima.

Alguns ônibus já contam com cartazes informando sobre as mudanças. Posteriormente, a Benfica BBTT confirmou que adotou a prática em seus ônibus para evitar acidentes. “A porta traseira trás maior segurança, uma vez que o desembarque após o eixo traseiro evita acidentes mais graves”, justificou.


Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Não? Sendo assim, saiba que nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Então não perca tempo: Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.