Deputado quer proibir dupla função em ônibus no estado de São Paulo

Deputado quer proibir dupla função em ônibus no estado de São Paulo

O Deputado Teonílio Barba apresentou, na última quinta-feira, um projeto de lei visando proibir a dupla função nos ônibus de São Paulo. Com o projeto, motoristas teriam que deixar de cobrar a tarifa. Dessa forma, o posto de cobrador teria que continuar existindo.

De acordo com o parlamentar, as empresas só poderiam extinguir o cargo por meio de Acordo Coletivo de Trabalho, com o sindicato da classe. Além disso, a medida precisaria ainda de anuência do Ministério do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho. Ao retirar os cobradores, as empresas cairiam também na obrigação de realocá-los em outras funções. Desta forma, os então “ex-cobradores” teriam estabilidade de dois anos em suas funções.

Barba justifica seu projeto dizendo que os cobradores estão perdendo seus postos de trabalho. Ele ressaltou anda que isso causa uma baixa no poder de compra dessas pessoas, o que acaba afetando a economia. “Sabe-se que a tecnologia é importante em alguns casos; principalmente com relação à cura de doenças. Contudo, é prejudicial quando se trata de extinção ou substituição de mão-de-obra”, disse.

Atualmente, ao menos parte das empresas formam os profissionais para atuação em outras áreas. A principal delas é na função de motorista. Para isso, elas dispõem de veículos chamados de “escolinhas”. Eles contam com instrutores cuja uma das funções é a de formação nas novas carreiras.


Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Não? Então, saiba que nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

dupla função
Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.