Passageira é vítima de racismo em ônibus em Guarulhos, diz filho

Passageira é vítima de racismo em ônibus em Guarulhos, diz filho

Uma passageira teria sido vítima de racismo em um ônibus na região de Guarulhos. Segundo relato do filho da vítima, a autora teria sido outra passageira. Ele relatou o caso por meio de suas redes sociais.

De acordo com o que contou o filho, sua mãe, A.R. (nome preservado), viajava em um ônibus da linha 552, da EMTU, que liga o Parque Santos Dumont, em Guarulhos, à estação Armênia do Metrô, em São Paulo. Ele conta que, ao tentar se sentar em um banco ao lado da outra passageira, esta teria lhe dito para não fazê-lo. Além disso, ela não queria que a vítima sequer se aproximasse, segundo o relato.

Em um áudio enviado via WhatsApp, é possível ver A. R. relatando o caso aos prantos. “Você acredita, meu anjo, que eu peguei um ônibus e uma mulher começou com racismo comigo? Na hora que eu ia passando pra sentar no banco, ela disse ‘eu não quero que você senta aqui não’.”, relatou.

Ele conclui dizendo que a mãe ainda ameaçou chamar a polícia. Contudo, a autora teria descido do ônibus logo em seguida. “É revoltante na sociedade convivermos como pessoas como esta mulher (…) [essas pessoas] merecem ser presas e pagarem por cada ato de racismo. Só assim para termos uma sociedade mais justa , respeitando o próximo.”, contou A. C. R., filho da vítima.


Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Não? Então, saiba que nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.