Após várias “fechadas”, motorista chama GCM contra perueiros em Cotia

Após várias “fechadas”, motorista chama GCM contra perueiros em Cotia

Um motorista de ônibus teria chamado a GCM de Cotia após levar várias fechadas de perueiros. O caso aconteceu na Rodovia Raposo Tavares, altura do Km 21, no início do mês. Passageiros que estavam no ônibus relataram a situação tensa.

De acordo com os relatos, ambos vinham se desentendendo desde o centro de Cotia, quando a lotação começou a entrar na frente do ônibus. Desta forma, o coletivo teve seu percurso prejudicado; o que aumentou seu tempo de viagem. Até que, depois de 10 km e sucessivas fechadas, o motorista então resolveu tomar uma atitude drástica. Ele usou o veículo para “prensar” a Van contra um canteiro.

Depois que “imobilizou” a lotação, ele teria chamado a Guarda Municipal de Cotia. Ainda de acordo com usuários, ao tentar fazer a ultrapassagem, os perueiros jogavam a Van em cima dele.

Relatos como este não são raros nas linhas da EMTU. Há casos em que passageiros decidem desembarcar no meio do trajeto, por se sentirem inseguros com tais condutas. Além disso, em outros, mais graves, já houve registros de agressão contra motoristas de ônibus.

Em 2017, quando o processo de nova licitação estava em elaboração, a EMTU havia dito que os RTOs só ficariam no sistema caso concorressem. No entanto, o processo licitatório segue parado desde então.


Já conhece todos os canais do portal Linhas Metropolitanas? Nossa rede se estende pelo Facebook, Twitter, Instagram e YouTube! Clique/toque aqui e siga-nos nas redes sociais!

Perueiros Cotia
Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.