Prefeitura decreta intervenção no transporte municipal de Mairiporã

Prefeitura decreta intervenção no transporte municipal de Mairiporã

A prefeitura de Mairiporã decretou recentemente uma intervenção no transporte público municipal. O decreto 9.22/2021, que trata do assunto, foi publicado no último dia 09, e é valido por 180 dias. O decreto ainda pode ser prorrogado pelo mesmo período sucessivas vezes.

O prefeito de Mairiporã, Aladim, alega que a intervenção foi necessária considerando o número de reclamações feitas pelos passageiros na ouvidoria do município e na Câmara Municipal. Outro motivo que contribuiu para a ação foram as paralisações dos funcionários da VEM (Viação Eduardo Medeiros), empresa que opera os ônibus da cidade, por atrasos nos pagamentos.

De acordo com o decreto, a intervenção ficou a cargo de Francisco Wanderlei Rohrer, que já foi diretor de uma universidade em Caieiras e já atuou em cargos de chefia na Polícia Militar do Estado de São Paulo. Durante a intervenção, ele terá autonomia para “praticar todos os atos de gestão, de administração e de representação, inclusive movimentação bancária, em juízo ou fora dele, da empresa concessionária [VEM] ora sob intervenção.”

Caso seja contatada a inviabilidade de a VEM continuar na operação do transporte municipal, a prefeitura poderá declarara a caducidade da concessão. Ou seja, o contrato com a empresa poderá ser revogado. A VEM começou a operar em Mairiporã de forma emergencial após a saída da ETM (Empresa de Transportes de Mairiporã) das operações municipais – seguindo apenas com as linhas intermunicipais.

No mês de maio, passageiros relataram que um ônibus municipal colidiu em um muro após falha no sistema de freios. O ônibus era um modelo seminovo adquirido pela empresa em meio à crise causada pela pandemia. Na ocasião, em nota, a Prefeitura de Mairiporã informou que investigaria mais à fundo as causas do acidente. Relembre clicando/tocando aqui.

transporte municipal Mairiporã

TAGS: transporte municipal mairiporã. – vem mairiporã. – viação eduardo medeiros.

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.