Justiça libera onibus em ponte em São Vicente; EMTU diz que mudou linhas

Justiça libera onibus em ponte em São Vicente; EMTU diz que mudou linhas


Imagem: Divulgação/BR Mobilidade

A Justiça de São Paulo liberou na última segunda-feira (31) a circulação de ônibus e caminhões na Ponte dos Barreiros. Uma liberação parcial já havia ocorrido em Julho, após análise do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT), mas apenas para veículos leves e micro-ônibus.

Com isso, segundo a EMTU, cerca de onze linhas imtermunicipais retornam aos seus itinerários antigos (de antes de a ponte ser interditada). A normalização do tráfego na estrutura põe fim às baldeações em micro-ônibus disponibilizados pela BR Mobilidade, dos quais os moradores reclamavam, e conforme você pôde acompanhar aqui no site.

Mas apesar da divulgação de normalização dos itinerários por parte da estatal, na manhã desta terça-feira (01), diversas linhas ainda não foram atualizadas em seu site. As linhas 928 e 947VP1, por exemplo, não podem ser encontradas. Já as linhas 932, 939, 940 e 942VP1 constam como “paralisadas”. Veja a relação de linhas divulgadas pela EMTU, que retornariam aos seus itinerários antigos (e suas denominações antes do fechamento da ponte):



  • 928 – São Vicente (Humaitá) x Praia Grande (Tude Bastos);
  • 932 – São Vicente (Pq. Das Bandeiras/Gleba II) x Santos (Paquetá);
  • 939 – São Vicente (Pq. Continental) x Santos (Paquetá);
  • 940 – São Vicente (Humaitá) x Santos (Ponta da Praia) via Vila Nova São Vicente;
  • 942 – São Vicente (Humaitá) x Santos (Ponta da Praia) via Pte. Barreiros e Praias;
  • 942VP1 – São Vicente (Rio Branco) x Santos (Ponta da Praia)
  • 943 – São Vicente (Pq. Das Bandeiras/Gleba II) x Santos (Ponta da Praia);
  • 945 – São Vicente (Pq. Das Bandeiras) x Cubatão (Usiminas);
  • 947 – São Vicente (Humaitá) x Santos (Ponta da Praia) via Cais;
  • 947VP1 – São Vicente (Rio Branco) x Santos (Ponta da Praia);
  • 948 – São Vicente (Pq. Das Bandeiras/Gleba II) x Santos (Ponta da Praia) via Cais.

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.