Rápido Luxo tenta impedir criação da linha 852


A Rápido Luxo Campinas, empresa que faz parte do Grupo Belarmino de Ascenção Marta e que opera diversas linhas municipais e intermunicipais São Paulo afora, tentou impedir a criação da nova linha 852TRO, que ligará a região central de Francisco Morato ao bairro da Fazendinha, em Santana de Parnaiba (passando também pelo centro de Cajamar), que será operada por alguma empresa do Consórcio Anhanguera.

A empresa entrou com um recurso junto à Secretaria de Transportes Metropolitanos nas últimas semanas, que foi analisado na última Quarta-Feira (14). Em reunião virtual, devido à pandemia de COVID-19, os integrantes da Comissão de Transporte Coletivo Regular da Grande São Paulo, grupo que delibera sobre diversos assuntos relacionados à criação e mudanças de linhas gerenciadas pela EMTU, decidiu negar o recurso, mantendo a criação da linha em andamento.



A Rápido Luxo também opera algumas linhas intermunicipais na região, mas sob responsabilidade da ARTESP, todas para Jundiaí. Duas delas partem do município de Franco da Rocha – Vizinho à Francisco Morato -, sendo uma via Francisco Morato e Jordanésia e outra via Francisco Morato e Rod. Pres. Tancredo de Almeida Neves (direto). A criação da linha 852 traria uma concorrência direta à primeira opção, por não existir linhas da EMTU entre Cajamar e Francisco Morato.

Por esse motivo, atualmente, os moradores de Francisco Morato e do entorno dos bairros Vila Bazú, Vila Bela e Pq. Paulista, em Franco da Rocha, que trabalham nas diversas fábricas e centros de distribuição (CD) presentes no distrito de Jordanésia, dependem da Rápido Luxo em seus deslocamentos diário. A região conta também com a linha 426, esta da EMTU, mas que não atende as mesmas localidades.

Embora a linha da Rápido Luxo opere com ônibus articulados, não é raro constatar alta lotação nos coletivos nos horários de pico tradicionais e até mesmo fora deles, devido aos horários que os trabalhadores dessas fábricas e CDs saem do trabalho. Recentemente, por conta da epidemia, passageiros relataram que fiscais da ARTESP, em acompanhamentos presenciais das linhas, ordenaram que parte dos passageiros de veículos superlotados fosse transferidos para outros ônibus da empresa no meio do caminho.


Compartilhe esta notícia:

4 thoughts on “Rápido Luxo tenta impedir criação da linha 852

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.