Queiroz Galvão será a responsável por implantar novo trecho do VLT

A construtora Queiroz Galvão foi homologada para implantar o novo trecho do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) da Baixada Santista, em sua segunda fase, que compreende o trecho entre as estações Cons. Nébias e Valongo, em Santos. A informação foi publicada no Diário Oficial desta Quarta-feira (15) e confirmada pela Assessoria de Imprensa da EMTU.

Este novo trecho contará com 8km de extensão e 14 estações. Está previsto o transporte de 35 mil pessoas diariamente, em média. A gestão estadual promete o início das obras para o primeiro semestre deste ano, com conclusão dentro de 30 meses. A construtora será responsável pela implantação das estações, via permanente, rede aérea, sinalização viária e proteção contra incêndios e descargas atmosféricas, por exemplo.

Segundo a EMTU, o processo de desapropriação dos imóveis ao longo do trecho está em fase final, a um custo de pouco mais de R$19 milhões. O custo de implantação (bem como a proposta da Queiroz Galvão) é de aproximadamente R$217 milhões.

Compartilhe esta notícia:
Tagged: , , , , , ,

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.