Viação Miracatiba foi a empresa mais multada do Consórcio Intervias em 2019


A Viação Miracatiba, que opera linhas intermunicipais em sete dos oito municípios da chamada “Área 1” da EMTU (que compreende as cidades da região sudoeste da Grande São Paulo), foi a viação mais multada pela EMTU em 2019, considerando as penalidades aplicadas entre Janeiro e Setembro. Os dados foram obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. A empresa soma um total de 249 multas aplicadas nestes nove meses.

Segundo os dados, a linha que mais recebeu multas foi a 032 – Itapecerica da Serra (Pq. Paraíso) x São Paulo (Pinheiros) -, que também figura como a linha comum mais demandada da EMTU, segundo dados divulgados pela empresa em 2017, que foi autuada 75 vezes. A maioria das infrações foi por transportar passageiros além do limite ou como “pingentes” (nome dado à situação no qual pessoas viajam penduradas nas portas), num total de 65. A segunda linha com mais multas foi a 513 – Itapecerica da Serra (Jd. das Oliveiras) x São Paulo (Metrô Capão Redondo) -, multada 27 vezes, sendo 23 pelo mesmo motivo mencionado acima para a 032.

Conforme mostramos na nossa matéria sobre a queda no número de partidas realizadas pela empresa no ano de 2019 em relação à 2018, a linha 032 conta com uma média de 100 partidas retiradas, considerando os horários de dias úteis, sábados e domingos, durante o ano letivo, o que pode ter contribuído para o aumento de autuações de superlotação. Na mesma matéria também mostramos como o número de partidas acrescentadas na linha 513 foi menor do que o número de partidas realizadas pela linha 395, quando ela ainda operava com bastantes horários.

A empresa menos autuada do consórcio foi a Viação Pirajuçara, somando 82 autuações. A Viação Raposo Tavares fica no “Meio-Termo”, com 91 multas recebidas, segundo os dados oficiais. Somadas, as duas empresas foram autuadas 173 vezes o que corresponde a cerca de 69% das multas aplicadas apenas à Miracatiba. Neste cenário, não estão considerados as multas anuladas nos últimos meses por eventuais recursos interpostos pelas empresas.

Atualmente, a Viação Miracatiba opera 37 das 89 linhas do Consórcio Intervias. Nos últimos nove anos, a empresa assumiu a maior parte das linhas da Veneza Transportes e da Viação Cidade Verde, que deixaram de operar. Em nossas redes sociais, não são raras as reclamações dos passageiros de Embu-Guaçu alegando o descaso da empresa com suas operações na cidade.

Compartilhe esta notícia: