Reconhecimento facial para gratuidades já está funcionando em linhas da Baixada Santista

Reconhecimento facial  para gratuidades já está funcionando em linhas da Baixada Santista

Desde a última Terça-feira (04), está funcionando o sistema de reconhecimento biométrico facial em linhas intermunicipais da Baixada Santista e VLT, para verificação do uso de cartões com gratuidade, como o passe livre escolar e cartões de idosos. A implantação do sistema foi autorizada a alguns meses atrás pela Secretaria de Transportes Metropolitanos.

Desde abril deste ano, o sistema vinha sendo testado em linhas da região. “A melhoria da gestão e dos serviços públicos passa hoje obrigatoriamente por inovações tecnológicas. Esse sistema vai permitir um controle mais adequado de gratuidades de tarifas nos ônibus metropolitanos e VLT”, comentou o secretário de transportes metropolitanos Alexandre Baldy.

Por meio de câmeras instaladas junto aos validadores, a imagem do passageiro é comparada com a imagem no cartão através de um sistema com algoritmo de reconhecimento facial, considerando algumas características do rosto do mesmo.

A EMTU adverte que, se constatado o uso do cartão com gratuidade por terceiros, poderá haver bloqueio, suspensão temporária ou até cancelamento do benefício. A empresa reforça que o benefício é de uso pessoal e intransferível.

De acordo com o órgão, as próximas regiões que receberão o sistema são a Grande São Paulo, no Corredor ABD, e o Vale do Paraiba/Litoral Norte.

Compartilhe esta notícia:
Allef

Allef

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.